Logo Vaxxinova
Entrar ou criar conta
  • Faça o login preenchendo os campos abaixo.

    Fechar
  • Cadastre-se e tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos!

    Fechar
Logo Vaxxinova

Construção da imunidade de rebanho

Quando utilizamos vacinas para controlar doenças em uma população de animais, ao invés da forma individual, o conceito de imunidade de rebanho é o critério mais importante a ser considerado.

A imunidade de rebanho é a resistência a uma doença por um grupo inteiro de animais, como resultado de uma proporção de animais imunes no grupo. Ela reduz a probabilidade de contato entre um animal susceptível com outro infectado para que a disseminação da doença seja impedida ou limitada.

Muitos fatores estão ligados ao sucesso dessa construção. Podemos citar o manejo em uma propriedade diretamente relacionado com o sucesso da construção da imunidade. Começando pela parte nutricional. Um bom manejo nutricional permite o correto fornecimento de nutrientes necessários ao animal para que ele possa desenvolver o máximo potencial e produzir anticorpos quando receber o agente imunizante.

Outro manejo importantíssimo que devemos considerar é o manejo com os animais da propriedade. Um bom manejo utilizando de estrutura de contenção adequada, mão de obra capacitada e treinada para executar as etapas de vacinação de forma que não ocasione aumento no estresse dos animais é crucial para uma eficiente imunização do rebanho.
Esse manejo deve se basear em um calendário sanitário bem planejado para as necessidades regionais onde está ocorrendo a atividade pecuária, deve seguir critérios pré-estabelecidos pela gestão daquela atividade.

Então antes de iniciar um programa de vacinação, devemos analisar entre outros fatores, o estado nutricional do rebanho, condições de estrutura para efetuarmos as vacinações, equipe de colaboradores, principais doenças que afetam os animais naquela localidade, aquisição de vacinas de qualidade e em quantidade suficiente para a demanda da vacinação.
Devemos levar em conta também o comportamento natural da formação da imunidade. Alguns organismos se comportam de forma diferente podendo não estabelecer uma boa produção de anticorpos através da vacina por uma simples variação individual. Esse comportamento já é até esperado e por isso a importância de uma dose reforço nos programas sanitários. Em alguns outros animais, ocorre o contrário.
Haverá uma produção de anticorpos exacerbada que permitirá uma proteção mais elevada que os demais. Mas o importante é notar que a grande maioria dos animais imunizados construirá uma resposta imunológica satisfatória, capaz de proteger seu rebanho contra essas enfermidades.

Gráfico de projeção

Fig 1. A distribuição normal de respostas imunes protetoras em uma população de animais vacinados. Não se pode esperar que uma vacina proteja 100% de uma população.

A Biovet Vaxxinova tem uma tradição em produção de vacinas no Brasil, e distingue-se, também, pelo acesso internacional e a expertise local de seu amplo portfólio formado por marcas líderes em seus segmentos: Bio-Coccivet R® (vacina contra Coccidiose Aviária); Resguard Multi® (vacina associada contra clostridioses); Rai-Vet Líquida ® (vacina inativada contra raiva dos herbívoros).

Essa tradição passa ao pecuarista total confiança em adquirir soluções do nosso portifólio e utilizar em protocolos sanitários em sua propriedade. Aliado a isso, temos um aporte por parte de nosso corpo técnico de colaboradores espalhados pelo Brasil, que estão constantemente sendo atualizados e treinados para poder auxiliar na elaboração de um calendário sanitário eficiente para sua demanda.
Está tendo dificuldades na construção do manejo sanitário aí na sua propriedade? Entre em contato com um de nossos consultores e agende uma visita. Estamos preparados para te atender!